8 dicas para construir uma marca de sucesso

Possuir uma marca forte não é exclusividade das grandes empresas. Para novos empreendedores, alertamos que um dos fatores que determinarão o sucesso do negócio é a capacidade de se encaixar no cotidiano dos consumidores. Para as já existentes no mercado há sempre a oportunidade de se reinventar.  A seguir estamos sugerindo 8 dicas importantes que devem ser levados em consideração quando o assunto é a construção da sua marca, confira:

1. Certifique-se e registre sua marca. Apesar da maioria dos empresários estarem consciente da importância do uso de marcas para diferenciar os seus produtos dos da concorrência, nem todos se dão conta da importância de obter esta proteção através do registro.  Gostaríamos de alertar que, segundo a Lei da Propriedade Industrial (LPI) 9.279/1996, apenas o Registro da Marca concedido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) atribuirá ao seu titular o direito de explorá-la comercialmente com exclusividade. A estratégia para obtenção dos registros de marca considera diversos aspectos com relação ao negócio, desde a definição de quais produtos e serviços são e poderão ser ofertados ao consumidor, público alvo e previsão de exportações, até as formas de exposição possíveis da marca. 

2.  Criar uma marca é sinônimo de conceito. É preciso ficar claro para criadores e colaboradores quais serão os valores e o posicionamento que a marca deve passar.  Se você não acreditar na sua marca, ninguém vai. Escolha um dos seus diferenciais e explore ao máximo em suas comunicações, mas seja sempre inovador e ousado, pois isso é o que mais destaca as novas marcas das já existentes no mercado.

3.  Seja inovador e ousado. Se a sua empresa acabou de surgir, pense sempre em como mostrar os seus diferenciais, ou seja, por que você é melhor que as demais empresas concorrentes existentes no mercado e o motivo pelo qual os clientes devem optar pela sua marca.

4.  Aposte na credibilidade.  É imprescindível que o produto cumpra com o prometido e supere as expectativas dos atuais e futuros clientes do seu negócio. Não apenas cumpra o que a sua marca promete e vá além das expectativas. Lembre-se que criar uma marca é uma atividade de longo prazo, mas qualquer erro de estratégia pode prejudicar rapidamente o seu negócio, por isso, muito cuidado e seja sempre fiel aos seus valores.

5.  Tenha a estrutura da marca claramente definida. Escolha elementos para a sua marca que traduzam a sua proposta de valor. Leve em consideração qual é a personalidade da sua marca e que proposta ela deve transmitir quando o consumidor tiver acesso ao seu negócio. Saiba o que a sua marca quer representar na vida das pessoas. Além disso, observe tudo que você faz. Tenha certeza que toda ação dá suporte a sua marca.

6.  Visão da marca centrada no consumidor. Sensibilize-o. O segredo é gerar estímulos e ir além de qualidade e eficiência. Sua marca precisa ser capaz de se relacionar com as pessoas e fazer com que elas compreendam os propósitos e valores do seu negócio. Para novos empreendedores, alertamos que um dos principais fatores que determinarão o sucesso do negócio é a capacidade de se encaixar no cotidiano dos consumidores. Já mencionamos inclusive em nosso blog que o desafio é oferecer uma experiência real para clientes, seja através da construção de proximidade, onipresença ou customização.

7.  Se for preciso reposicione-se. Procure sempre melhorar e não tenha medo de mudar tudo. O caso da Harley Davidson é famoso. Ao invés de continuar tentando atingir o então público jovem, decidiu evitar o confronto com as marcas japonesas e se reinventar como a realização dos sonhos dos jovens adultos, na faixa etária dos 40 anos.  Outro caso conhecido é o das Havaianas, que reformulou o conceito e o próprio produto, fugindo do tradicional chinelo de sola branca para modelos de cores mais vibrantes e estilosas.  Atualmente, a marca é vista como sinônimo de moda em todo o mundo e possui um portfólio de produtos que vai além de sandálias/chinelos.

8.  Encantar é a palavra que todos os negócios deveriam utilizar para nortear o seu posicionamento estratégico. O valor é resultado da experiência vivida pelo cliente no ato da compra de um produto ou serviço. O cenário ideal é que o comprador se torne um cliente absolutamente fiel a ponto dele mesmo divulgar o seu negócio. É o caso de uma das marcas consideradas mais valiosas no mundo, Apple, atualmente 2ª no ranking BrandZ perdendo somente para o Google.  Inclusive publicamos recentemente um conteúdo no nosso blog sobre marcas mais valiosas no mundo.